Vila da Serra - +55 31 2342-0700 Varginha - +55 35 3222-2752
Seg à Sex, de 08:00 às 18:00 – Sáb de 08:00 às 12:00

Obesidade e fertilidade

Data da publicação: 18/06/2012

Estudos recentes vêm mostrando que a obesidade afeta não só a fertilidade feminina, mas também a masculina. Homens obesos apresentam maior incidência de alterações seminais (alterações da produção e da qualidade dos espermatozóides), assim como disfunções eréteis e ejaculatórias.

Já as mulheres, o aumento do peso aumenta a incidência de problemas ovulatórios (por exemplo, a síndrome dos ovários policísticos), de problemas de qualidade dos óvulos e dos embriões, além de afetar a capacidade do endométrio (camada de revestimento interno do útero onde ocorre a fixação do embrião) de permitir e promover a implantação embrionária.

A obesidade não só reduz as possibilidades de gestação, mas também se associa a um aumento do risco de complicações obstétricas, tais como o diabetes gestacional, pré-eclâmpsia, infecções e acidentes tromboembólicos. Nosso conselho é de que a mulher mantenha atividade física e controle seu peso, principalmente em período que anteceda uma gestação