Digite sua busca

Luciana

Luciana

Queridos dr. Marco, Camila, Elaine,

Venho através deste depoimento agradecer o carinho e atenção que tiveram comigo. Hoje, estou com o meu bebê nos braços e apesar dele ter sido gerado naturalmente logo após uma FIV, tenho certeza que isso só aconteceu devido ao tratamento que fiz na clínica Vilara. Alguns meses antes, eu recebi o diagnóstico de menopausa precoce. Eu, com 35 anos, ouvi de um médico que não poderia ter filhos com os meus próprios óvulos, somente através da ovodoação. Mas conheci o doutor Marco Melo e ele, graças a Deus, me disse que eu deveria tentar, que existia a possibilidade de eu engravidar. E ele me encheu de esperança e começamos o tratamento, foi uma inseminação e algumas FIVs, quatro ou cinco, cheguei a perder a conta… Mas o que importa é que deu certo. Recebi estímulo através da medicação correta e de muito carinho e atenção. O meu corpo se preparou para que eu produzisse um óvulo saudável e a minha mente também foi preparada para que eu acreditasse que isso fosse possível. E assim, em novembro, engravidei.

O meu maior sonho era ser mãe e vocês ajudaram a tornar esse sonho em realidade. Muito obrigada por tudo, principalmente por não terem deixado que eu desistisse, sinto no meu coração que o Antônio é resultado desse trabalho lindo que vocês realizam e não tenho palavras para agradecer tudo o que fizeram por mim. Hoje eu tenho um filho, uma família!!! Vocês foram fundamentais para que isso acontecesse, muito, muito obrigada mesmo!

Como o doutor Marco sempre dizia, comigo tudo tem uma dose de emoção extra e a gravidez não foi diferente. Eu iria fazer a cerclagem com 14 semanas, mas a médica que me acompanhou desistiu porque o colo do útero é tão curto que ela ficou com medo de realizar o procedimento e optou por me colocar em repouso absoluto e assim fiquei toda a gravidez, só levantando para ir ao banheiro. Com 26 semanas eu estava com 2cm de dilatação e os cuidados foram redobrados, só sentava para o banho e para fazer as refeições (estas feitas na cama mesmo). O resto do tempo ficava deitada mesmo. Por conta da dilatação precoce tomei corticoide, em consequência disso desenvolvi diabetes gestacional e tive até que tomar insulina. Fiz dieta, consegui controlar o peso (engordei 9,5kg durante toda a gestação) e deu tudo certo, cheguei a 37 semanas. O Antônio nasceu a termo, com 37 semanas e dois dias, com 49cm e 3145 kg. Tentei o parto normal, já que estava com dilatação total, mas acabou sendo cesárea. Mas foi tudo ótimo. Antônio teve apgar 10 e 10. Agora, é só curtir a maternidade!

O Leonardo, meu marido, acabou de ser transferido para São Paulo e vamos nos mudar novamente. Desta vez, parece que vamos ficar um longo tempo por lá. O bom é que São Paulo é mais perto de BH do que Recife. Daqui a um ano pretendo encomendar um irmãozinho ou irmãzinha para o Antônio e vou aparecer por aí.

Muito obrigada, beijos e um até breve,
Luciana